////

Junto com a estreia da pré-venda lançarei uma mini-coleção que decidi batizar de REFAZENDA, fruto de um trabalho desenvolvido nos últimos meses de maneira muito concentrada e orgânica, que acompanhou um processo pessoal em busca de simplificação e de devoção de confiança ao ritmo natural das coisas.
 
“Aguardaremos, brincaremos no regato até que nos tragam frutos, teu amor, teu coração”.  
 
A canção do Gil que me conta sobre a sabedoria do tempo coube bem nesse momento de recomeço e depois descobri que a palavra fazenda também quer dizer tecido!
 
Refazendo tudo.
 
As novas peças contam sobre nosso acordo com a simplicidade e foram criadas a partir da perspectiva do que é suficiente e da intenção de podar os excessos. O momento em que vivemos trouxe muitas reflexões sobre o que é realmente necessário e essencial e o que chamo de ROUPA PARA REPETIR vem falar sobre isso. Peças com formas básicas, descomplicadas, fáceis de entrar e de sair e que podem compor de muitas maneiras. Bolsos que nos apoiam no cotidiano para levar nossos objetos sem grandes esforços. Roupas com espaços para nossos corpos em movimento.
 
Essa será uma coleção base e a partir dela seguirei reinventando. Elegi azul marinho e cru como cores principais dessa temporada, mas teremos outras opções também. O linho misto e o brim 100% algodão serão nossas matérias-primas base, tecidos feitos a partir de fibras naturais, mais duráveis e respeitosas com o corpo e o planeta.